TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS NAS ESCOLAS MUNICIPAIS PREOCUPADA SERVIDORES

2 semanas ago
484

EDUCAÇÃO MUNICIPAL: Em longa entrevista aos jornalistas Serleyser Araújo e Rogério Fernandes no Programa Foco 96 fm da emissora de rádio de mesmo nome, a secretária de Educação, Sonja Maria Lacerda anunciou o início do processo de privatização da educação municipal.

A informação de que serviços educacionais serão terceirizados movimentou o cenário educacional anapolino, no dia de ontem, 29. No Programa Foco 96, os jornalistas Serleyser Araujo e Rogério Fernandes questionavam a secretária de Educação, Sonja Maria Lacerda sobre os novos pedagogos aprovados no concurso público realizado no início do ano. Já no final da entrevista o âncora do programa, Rogério Fernandes perguntou à secretária se os serviços de higiene e alimentação seriam terceirizados. Prontamente a auxiliar de Roberto Naves e Siqueira anunciou que “sim, vamos terceirizar esses serviços.” De acordo com a comandante da pasta a intenção é “inovar” ao terceirizar esses serviços.

Sonja Maria Lacerda, Regina Faria e Roberto Naves/ foto: reprodução internet

Após publicar a reportagem, o Portal de Anápolis foi acusado pela secretária de Educação de que a notícia era falsa, ou seja era uma famigerada FakeNews.

Foto reprodução

Sonja Maria Lacerda mente e mente de forma pusilânime tentando confundir a opinião pública. Em defesa do bom jornalismo, o Portal de Anápolis disponibiliza o trecho da entrevista onde a secretária de Educação, afirma com todas as letras que irão terceirizar os serviços das Ashas. Para quem não está familiarizado com a sigla, Ashas são os auxiliares de serviços de higiene e alimentação. São as pessoas responsáveis pela limpeza e alimentação nas unidades de ensino da rede municipal.

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE ROBERTO NAVES AFIRMA QUE IRA TERCEIRIZAR A EDUCAÇÃO MUNICIPAL

O Portal de Anápolis procurou alguns desses servidores e perguntou sobre esse processo de privatização. Eles foram unânimes em dizer que são contra a privatização e temem que esse processo tirem o vínculo que as merendeiras e as “tias” da limpeza têm com os professores e os alunos.

A reportagem também procurou o SindiAnápolis sindicato que representa os trabalhadores dessa categoria. De acordo com a presidente do sindicato Regina Faria, o órgão irá protocolar junto ao TCM, Tribunal de Contas do Município, uma representação questionando essa terceirização. Segundo a presidente não tem sentido propor uma mudança no regime de contratação das Ashas e vigias em pleno período da pandemia.

Foto ;reprodução

O Portal de Anápolis tentou contato com a Secretaria de Educação para comentar o assunto, porém até o fim dessa reportagem a pasta não se pronunciou. Portal de Anápolis

1 thought on “TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS NAS ESCOLAS MUNICIPAIS PREOCUPADA SERVIDORES

  1. Eu sou completamente de acordo com a terceirizacao se for Pra melhorar. Desde 2018, estou fazendo minha tese de doutorado em 12 escolas para avaliar a gestäo da água, saneamento e higiene, e a situacao da limpeza, principalmente dos banheiros é calamidade publica na maioria das escolas, cheiro horrivel, sujeira, urina no chao, sem falar que tem escola que nunca trocou o filtro do bebedouro e a água estava contaminada com coliformes fecais… até fiz um gibi sobre isso Pra Fazer educação a higiene nessas escolas.
    Hoje visitei uma escola que fiquei encantada. Essa escola tem os serviços de limpeza terceirizado e nunca vi uma escola tao limpa, tinha uma mulher lavando as cadeiras, os banheiros impecaveis. Sabemos que as verbas que as escolas recebem é pouca para tanta coisa que precisa ser feita e com a terceirizacao a diretora me disse que agora näo precisa comprar produtos de limpeza e o dinheiro pode investir em outras necessidades das escolas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Nossas redes sociais

Outras notícias

Notícias mais recentes
C
Conselho Estadual de Educação autoriza ensino básico a manter aulas não presenciais até 19 de dezembro

Conselho Estadual de Educação autoriza ensino básico a manter aulas não presenciais até 19 de dezembro

Resolução diz que considera “o contexto de excepcionalidade impressa no cenário imposto pela pandemia da Covid-19” O Conselho Estadual de Educação de Goiás autorizou nesta segunda-feira, 10, que instituições de ensino de Educação Básica, inclusive a Educação Profissional Técnica de...

2
PADRASTO NÃO MATOU DANILO

URGENTE ! PADRASTO NÃO MATOU DANILO

3
Vereadora cortada de sessão em GO: "Homem se acha mais vereador do que nós

Vereadora cortada de sessão em GO: “Homem se acha mais vereador do que nós”

4
Anápolis tem mais duas mortes por covid-19 e ultrapassa os 5000 casos confirmados

Anápolis tem mais duas mortes por covid-19 e ultrapassa os 5000 casos confirmados