Supremo decide que prefeitos e governadores têm autonomia para decidir sobre abertura de igrejas

4 semanas ago
160

Pandemia: Por ampla maioria, o Supremo Tribunal Federal deliberou que os dois entes federados podem restringir cultos e missas, como medidas para conter o avanço da Covid-19.

Na última terça-feira, 06, os parlamentares anapolinos aprovaram projeto de Lei, da vereadora ligada à Igreja Universal, Cleide Hilário (Republicanos), que enquadrava as igrejas na denominação de atividades essenciais. O objetivo era garantir a abertura dos templos religiosos, mesmo em situação de decretos restritivos para conter a disseminação do vírus. Ainda convivendo com o aumento do número de casos, e Goiás figurando entre os estados com as maiores taxas de transmissibilidade, os vereadores pressionados por padres e pastores aprovaram a matéria por unanimidade. Porém naquela oportunidade, o Portal de Anápolis já alertava para a inocuidade do projeto aprovado pela Câmara Municipal. Isso porque o STF já estava com sessão plenária marcada para decidir sobre o assunto, e conforme adiantado pelo PA, (confira o link da matéria https://portaldeanapolis.com.br/anapolis-em-sessao-agitada-lobby-religioso-vence-restricao-sanitaria/?fbclid=IwAR0Shqr6zhJG_IGiF-ZQnAD0YGaJQXIBbQNzXPJtZxFU1HFUboFeAQIobVg) o Supremo decidiu, ontem, 08, por 09 votos a 2 que estados e municípios têm autonomia para decidir se as igrejas podem realizar cultos e missas. Em tempo uma pesquisa da Universidade de Stanford (EUA) mostrou que igrejas têm alta taxa de transmissão do coronavirus, a frente de mercados e consultórios médicos. A pesquisa desmente os argumentos da maioria dos vereadores anapolinos. Publicada na revista científica Nature, a pesquisa apontou que pontos de aglomeração foram responsáveis por oito a cada dez novos casos de infecção por Covid-19 nos Estados Unidos da América. Um dos fatores que contribuem para o aumento da proliferação do vírus nas igrejas, consiste no fato de que quando as pessoas cantam ou falam alto, como nos cultos, há uma incidência maior de gotículas de salivas no ar, contribuindo para a infecção de um grande número de pessoas.

Por; Portal de Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Nossas redes sociais

Outras notícias

Notícias mais recentes
A
Abrigo de cães e gatos não é a solução

Abrigo de cães e gatos não é a solução, afirmam especialistas.

Promessa: Durante a eleição, a parlamentar do MDB, Seliana da SOS prometeu algo que não era da sua jurisdição e agora espera que executivo compre a ideia. Especialistas questionam a eficácia de um abrigo para animais. A vereadora Seliane da...

2
SANEAGO COMUNICA FALTA D'ÁGUA EM BAIRROS ANÁPOLIS; VEJA DATA E BAIRROS AFETADOS

SANEAGO COMUNICA FALTA D’ÁGUA EM BAIRROS ANÁPOLIS; VEJA DATA E BAIRROS AFETADOS

3
UNIDADES DE SAÚDE DO RECANTO DO SOL E SÃO JOSÉ RETORNAM ATENDIMENTO CONVENCIONAL À POPULAÇÃO

UNIDADES DE SAÚDE DO RECANTO DO SOL E SÃO JOSÉ RETORNAM ATENDIMENTO CONVENCIONAL À POPULAÇÃO

4
"MOTIVO? CIÚMES

IDOSO DE 98 ANOS QUASE ARRANCA A ORELHA DA ESPOSA 40 ANOS MAIS NOVA A PAULADAS EM ANÁPOLIS, “MOTIVO? CIÚMES