Rogério Cruz, agora prefeito de Goiânia, trabalhou 16 anos na África

1 semana ago
205

Formado em Gestão Pública, ele é radialista, administrador, pastor evangélico e fez parte do Grupo Record

Laylla Alves Do Mais Goiás

Com a morte do prefeito eleito em Goiânia Maguito Vilela (MDB), causada por complicações relacionadas a covid-19, quem assume o mandato de quatro anos é o vice Rogério Cruz (Republicanos), de 54 anos. Natural de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, já trabalhou 16 anos na África.

Rogério é casado e tem dois filhos, Elon Cruz, 32, e Rogério Júnior, 30. Formado em Gestão Pública, é radialista, administrador, pastor evangélico e fez parte do Grupo Record, onde dirigiu rádios em vários estados brasileiros e também no exterior. Rogério foi responsável pela implantação da TV e rádio Record Internacional em Moçambique e na Angola, onde exerceu a função de Diretor Executivo por 16 anos.

Em 1995, ele chegou em Moçambique com a a esposa e os dois filhos e ficaram no país até 2000. Já em Angola, ele e a família moraram de 2000 a 2009.

Foram 16 anos empreendendo e também desenvolvendo trabalhos sociais junto à população carente daqueles países. Com as missões cumpridas, Rogério Cruz voltou ao Brasil no final de 2009. Em 2010 chegou em Goiânia, tendo sido Diretor Executivo das rádios do grupo Record na capital.

História na política

Em 2012, foi eleito vereador com 7.774 votos e, sendo o único a ter votos em nas urnas de todas as seções eleitorais de Goiânia. E em 2016 foi reeleito para o segundo mandato com 8.311 votos, o quarto vereador mais votado da última legislatura.

Foi Secretário de Gestão de Pessoas do município de Goiânia em 2013, além de o segundo vice-presidente da Câmara Municipal de Goiânia de 2016 a 2020. Foi, ainda, membro da Comissão do Trabalho e Servidores Públicos; Comissão dos Direitos das Crianças e Adolescentes; Comissão Mista; Comissão de Ética e Decoro Parlamentar; Comissão da Pessoa com Deficiência; Comissão do Idoso.

À imprensa, o prefeito disse em 2020 que não pretendia concorrer novamente ao cargo de vereador. Em setembro, o partido Republicanos anunciou apoio à candidatura de Maguito Vilela e o indicou como vice na chapa.

Ao ser oficializado na disputa à prefeitura da capital, Cruz declarou que recebeu a notícia com surpresa, mas que sentiu-se muito honrado com a escolha. Nas redes sociais, ele postou uma nota de pesar e disse que Maguito “deixou uma grande responsabilidade de fazer Goiânia seguir em frente”.

Rogério Cruz, atual prefeito de Goiânia, trabalhou 16 anos na África (Foto: Jucimar de Sousa)

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Nossas redes sociais

Outras notícias

Notícias mais recentes
B
Brasil registra mais de 1.300 mortes por Covid-19 em 24h por 2º dia consecutivo

Brasil registra mais de 1.300 mortes por Covid-19 em 24h por 2º dia consecutivo

Anna Satie, da CNN em São Paulo O Ministério da Saúde registrou nesta quinta-feira (21) mais 1.316 mortes por Covid-19. É o segundo dia consecutivo que mais de 1.300 vítimas entram na contagem — a única outra vez em que...

2
A luta do Davi

A luta do Davi

3
Goiânia

Três crianças são resgatadas em casa repleta de lixo e fezes

4
Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz llc

Policiais militares e agentes prisionais, contêm início de Rebelião no presídio de Anápolis