Vítima relatou que sogra sabia que ela era abusada sexualmente pelo sogro

A Polícia Militar resgatou na noite desta segunda-feira (27) uma mulher de 22 anos que contou ter sida mantida em cárcere privado por seis dias e estuprada pelo casal de sogros em uma casa em Niterói, na Região Metropolitana do Rio.

A PM tinha sido contactada depois que a mãe da vítima fez um registro de ocorrência. A mulher afirmou que conseguiu entrar em contato com um amigo, que avisou a família que ela era mantida na casa, que fica em um condomínio.

A vítima foi encontrada com lesões na pele. Durante os dias presa, a mulher afirma que foi agredida e estuprada pelo sogro, com o consentimento da sogra. O filho do casal, com quem a vítima mantinha um relacionamento, está preso em um presídio da região. O casal de agressores foi levado para a 76ª DP (Centro de Niterói).

Mulher conta que foi agredida e estuprada em Niterói — Foto: Reprodução
Mulher conta que foi agredida e estuprada em Niterói — Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.