A Petrobras reduzirá em 5,6% o preço do gás de cozinha em suas refinarias a partir deste sábado

Segundo a estatal, a decisão foi tomada após percepção de que as cotações internacionais e a taxa de câmbio “se estabilizaram em patamar inferior” para o produto.

O preço do combustível havia sido elevado pela empresa em 16,1% no dia 11 de março, levando o botijão de 13 quilos a atingir os maiores valores da história, chegando a ser encontrado por até R$ 160. Na semana passada, o produto era vendido, em média, a R$ 113,63.

Com o corte anunciado nesta sexta, o valor cobrado pela Petrobras pelo quilo do gás de cozinha cairá de R$ 4,48 para R$ 4,23. Para encher um botijão, portanto, as distribuidoras pagarão R$ 54,94, ou R$ 3,27 a menos do que o valor vigente hoje.

O anúncio foi feito no mesmo dia em que o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou que a inflação de março de 2022 foi a maior para o mês desde 1994, antes da implantação do real. Com alta de 6,5% no mês, o botijão foi um dos fatores de pressão sobre o indicador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.