Pesquisa da USP revela política genocida do governo Bolsonaro

5 dias ago
71

Pandemia: Coordenada pelo Centro de Pesquisas e Estudos de Direito Sanitário (CEPEDISA) da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da Universidade de São Paulo (USP) e pelo Conectas Direitos Humanos, estudo mostrou que o governo federal apostou numa estratégia de propagação do vírus ao invés de buscar conte-lo.

A política de enfrentamento ao Coronavírus, do governo de extrema-direita do ex-capitão do exército Jair Bolsonaro foi altamente eficiente. É o que revela o documento “Direitos na Pandemia – Mapeamento e Análise das Normas Jurídicas de Resposta à Covid-19 no Brasil”, resultado de pesquisa a documentos oficiais feita pelo Centro de Pesquisas e Estudos de Direito Sanitário (CEPEDISA) da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da Universidade de São Paulo (USP) assim como pelo Conectas Direitos Humanos, uma das mais prestigiadas instituições de justiça da América Latina. Desde o início do flagelo o discurso do ex-capitão do exército foi de negação aos graves problemas que o vírus poderia causar. Antes de apostar em medicamentos sem comprovação cientifica, Bolsonaro jogou as fichas na chamada imunidade de rebanho, que consistia em infectar o maior número de pessoas para que o corpo produzisse os anticorpos para combater a doença da Covid 19. Essa busca pela imunidade de rebanho foi ratificada em ações como o incentivo às aglomerações, defesa do não uso de máscaras, ou mesmo propostas lacônicas como isolamento vertical, defendida pelo ex-capitão ainda no início da pandemia. O tempo mostrou que a política de Bolsonaro deu errado, e o pior provocou a morte de mais de 300 mil brasileiros. O que configura uma política genocida alertam especialistas. Confrontado com os fatos, o ex-capitão continuou apostando em mentiras e desinformação.

O Portal de Anápolis selecionou algumas frases de Bolsonaro que comprovam isso. O que Bolsonaro disse:A PANDEMIA, REALMENTE, ESTÁ CHEGANDO AO FIM. TEMOS UMA PEQUENA ASCENSÃO, AGORA, QUE CHAMA DE PEQUENO REPIQUE QUE PODE ACONTECER, MAS A PRESSA DA VACINA NÃO SE JUSTIFICA. (…) VÃO INOCULAR ALGO EM VOCÊ. O SEU SISTEMA IMUNOLÓGICO PODE REAGIR, AINDA DE FORMA IMPREVISTA 19/12, EM ENTREVISTA AO PROGRAMA DE UM DE SEUS FILHOS NO YOUTUBE

O que Bolsonaro disse: “ARRANJA UMA MANEIRA DE ENTRAR E FILMAR. MUITA GENTE TÁ FAZENDO ISSO, MAS MAIS GENTE TEM QUE FAZER PARA MOSTRAR SE OS LEITOS ESTÃO OCUPADOS OU NÃO, SE OS GASTOS SÃO COMPATÍVEIS OU NÃO 10/6, EM TRANSMISSÃO AO VIVO NO FACEBOOK

Por: Portal de Goiás

Imagem foi destaque em jornal norte-americano; prefeito Bruno Covas disse que procedimento é padrão após período de chuvas/Foto Reprodução Revista Veja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Nossas redes sociais

Outras notícias

Notícias mais recentes
c
coordenadora do programa Cidadão do Futuro

Ex-coordenadora do Programa Cidadão do Futuro morre de covid.

Luto: Luiza Alves era servidora pública, com mais de 25 anos de serviços prestados à sociedade anapolina. Foi sepultada essa manhã, 10, no cemitério Park, a servidora pública Luiza Alves. Ela que já foi coordenadora do programa Cidadão do Futuro,...

2
Cooperativa que administra o hospital de referência Norma Pizarri obriga credenciados a assinarem procuração dubitável

Urgente: Cooperativa que administra o hospital de referência Norma Pizarri, obriga credenciados a assinarem procuração dubitável

3
PRESO NO RESIDÊNCIA COPACABANA O AUTOR DE HOMICÍDIO OCORRIDO NA VILA MARIANA EM ANÁPOLIS

PRESO NO RESIDÊNCIA COPACABANA O AUTOR DE HOMICÍDIO OCORRIDO NA VILA MARIANA EM ANÁPOLIS.

4
Supremo decide que prefeitos e governadores têm autonomia para decidir sobre abertura de igrejas

Supremo decide que prefeitos e governadores têm autonomia para decidir sobre abertura de igrejas