Mistério: mulher é 4ª pessoa de grupo de WhatsApp a ser achada morta

3 semanas ago
269

Jovem de 20 anos fazia parte de um grupo que discutia métodos de suicídio

A jovem Amy Springer, de 20 anos, foi encontrada morta em uma floresta perto do clube de críquete Portslade, em Benfield Valley, no sul da Inglaterra. Ela é a quarta pessoa de um grupo no WhatsApp a cometer suicídio após o início da interação no chat.

De acordo com o jornal The Mirror, Amy fazia parte de um grupo que discutia métodos de suicídio. Ela teria entrado no chat do WhatsApp para conversar com outras pessoas sobre automutilação.

Foto Reprodução

Conforme investigação policial, outras três pessoas ligadas ao grupo foram achadas mortas.

Amy havia desaparecido 15 vezes em 2020 e três vezes neste ano. Em algumas ocasiões, seus pais tiveram de intervir em momentos nos quais ela se automutilava.

A causa da morte foi dada como asfixia. Segundo a publicação, a jovem sofria de diversos transtornos e era traumatizada desde a morte de seu irmão, na infância.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Nossas redes sociais

Outras notícias

Notícias mais recentes
A
Aviões da FAB

Cocaína em aviões da FAB: traficantes tramaram morte de testemunhas

Os investigados se encontraram na casa de Marcos Daniel, o Chico Bomba. A mansão é avaliada em R$ 4 milhões Uma mansão localizada no Lago Sul (foto principal), região nobre de Brasília, serviu de palco para uma reunião macabra de...

2
Esposa

Após polêmica, mulher de Zé Vaqueiro promete abrir o jogo sobre sogra

3
BBB21

Juliette recebe 2ª dose da vacina contra Covid-19 e celebra a ciência

4
Ana

” Muita gente viu um clarão na capela”, diz esposa de pastor que prometeu resucitar