Inicialmente, homem informou que a esposa teria sido morta por desavenças relacionadas ao tráfico de drogas.

Um homem foi preso nesta segunda-feira (2/5) suspeito de espancar a própria esposa até a morte, em Goiânia. Ele foi autuado em flagrante pela Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), pela prática de feminicídio.

O crime foi descoberto depois que o corpo da mulher foi encontrado em uma via pública, no Setor Aeroviário, na manhã do último domingo (1). A Polícia Civil então começou a apurar o caso.

De acordo com as investigações, após o crime o homem informou aos policiais que atenderam a ocorrência que a mulher havia sido morta por desavenças relacionadas ao tráfico de drogas. Entretanto, foram identificadas divergências em seu relato e a polícia passou a considerá-lo como principal suspeito.

Homem teria cometido as agressões contra a esposa na frente do filho de 1 ano

Durante as investigações, a polícia encontrou imagens de câmeras de segurança que apontam que o crime teria sido cometido pelo marido da vítima, na presença do filho do casal, de apenas um ano e meio de idade.

Depois do crime, o suspeito fugiu para a cidade de Firminópolis, local onde foi preso pela equipe da DIH. Em interrogatório, ele confessou o crime. Ainda não há informações sobre a motivação.

Segundo a Polícia Civil, o caso segue sendo investigado com o objetivo de buscar novas testemunhas para contribuir com a investigação, além de apurar outros possíveis crimes cometidos por ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.