Governador de GO decreta luto de 3 dias por morte de Maguito; veja repercussão

1 semana ago
173

Letícia Brito Silva*, da CNN, em São Paulo

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM-GO), decretou luto oficial de três dias no estado por causa da morte do prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB). Maguito morreu nesta quarta-feira (13), aos 71 anos, em decorrência da Covid-19 após passar meses internado em São Paulo.

O governador também determinou que todas as honras do estado fossem prestadas ao político e cedeu o Palácio das Esmeraldas, sede oficial do governo do estado, para o velório do corpo.

Em trecho da nota, Caiado disse que “Maguito Viela realçou a prática da boa política. Ganhou e perdeu sempre com dignidade e em respeito às regras democráticas. Superou os momentos de maior adversidade mantendo o equilíbrio ao ocupar os cargos com destaque e ao priorizar ações em benefício do povo que governou. Enfrentou a doença com todas as forças e vontade de viver e continuar servindo a população de seu Estado. Foi abatido por esse terrível vírus que vem causando um vazio em famílias em todo o mundo. E, agora, essa doença que tirou a vida de mais de 7 mil goianos entristece mais uma.”

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, também decretou luto de três dias na Casa. Em suas redes sociais, Maia disse que Maguito era “um dos líderes mais experientes que já tive a chance de conhecer

O deputado estadual por Goiás Antônio Gomide,(PT); também lamentou a morte.

O vice-presidente, Hamilton Mourão, também lamentou a morte. “O prefeito estava há dois meses nessa luta. Eu conhecia o Maguito, ele foi soldado do Batalhão da Guarda Presidencial no final da década de 60. Era uma liderança expressiva aqui no estado de Goiás e também de nível nacional era muito conhecido. Eu lamento profundamente o falecimento dele”.

O filho de Maguito Vilela, Daniel Vilela, falou sobre a perda do pai nas redes sociais. O ex-deputado e atual presidente do MDB em Goiás, partido de Maguito, disse que “o meu impecável pai, Maguito, o maior exemplo e minha maior referência. Não consigo não ser egoísta nesse momento. Queria ele ainda por muitos anos com a gente. Nessas horas ficamos pensando se poderia ter sido diferente. Mas o que dizem – e eu concordo – é que para Deus tudo tem a sua hora, e a dele foi agora e da forma que precisava ser, ao lado dos seus filhos, e dizendo até breve. Descanse em paz! Obrigado, Deus, por me permitir amar e ser amado tanto pelo meu Pai!!

O vice do prefeito licenciado, Rogério Cruz (Republicanos), também se manifestou pelas redes sociais. Numa postagem pelo Instagram, lamentou a morte de Maguito e ressaltou que o prefeito eleito “me deixa uma grande responsabilidade de fazer Goiânia seguir em frente juntamente com uma equipe de excelência. E assim faremos! Meus sentimentos a todos os familiares nas pessoas do Daniel, Flavia, Miguel, Vanessa, Leandro, e a todos os amigos. #maguitoguerreiro, sua história ficara´ marcada em todos no´s.”

Já o senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO), que disputou o segundo turno das eleições municipais em Goiânia contra Maguito, lamentou o falecimento em suas redes sociais, dizendo que “Goiás e o Brasil perdem um grande político e nós perdemos um grande amigo.”

Natural de Jataí, interior de Goiás, Luiz Alberto Maguito Vilela era advogado e, na vida política desde os anos 80, foi governador de Goiás (1995-1998), vice-presidente do Banco do Brasil e senador. Foi eleito prefeito de Goiânia com 52,60% dos votos em 2020.

Foto reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Nossas redes sociais

Outras notícias

Notícias mais recentes
B
Brasil registra mais de 1.300 mortes por Covid-19 em 24h por 2º dia consecutivo

Brasil registra mais de 1.300 mortes por Covid-19 em 24h por 2º dia consecutivo

Anna Satie, da CNN em São Paulo O Ministério da Saúde registrou nesta quinta-feira (21) mais 1.316 mortes por Covid-19. É o segundo dia consecutivo que mais de 1.300 vítimas entram na contagem — a única outra vez em que...

2
A luta do Davi

A luta do Davi

3
Goiânia

Três crianças são resgatadas em casa repleta de lixo e fezes

4
Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz llc

Policiais militares e agentes prisionais, contêm início de Rebelião no presídio de Anápolis