Um homem de 33 anos é acusado de aplicar um golpe de R$ 25,2 mil e ameaçar de morte a ex-namorada Lidiane Pereira da Silva, de 26 anos. Os dois se conheceram em julho de 2021 pelo aplicativo de relacionamento Tinder, em Goiânia. Em abril, Eduardo Thomas Nunes Setnacla, de 33 anos, se tornou réu pelos crimes de estelionato e ameaça contra a mulher. Ele está sendo procurado pelo Poder Judiciário.

Conforme a denúncia ofertada pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), o primeiro encontro do casal aconteceu no dia 17 de julho de 2021, em um bar da capital. No dia seguinte, os dois se encontraram na casa do homem e passaram a dormir juntos.

Cerca de um mês após o início da relação, Eduardo convenceu a mulher, que trabalha como esteticista, a vender seu próprio carro para investir em um negócio suspostamente lucrativo de revenda celulares do modelo Iphone. No dia 26 de agosto, ela obteve R$ 44 mil da venda de seu veículo modelo Fiat Strada e repassou R$ 24,8 mil para o então companheiro importar quinze aparelhos celulares pelo valor de R$ 23,8 mil.

Dias depois, ela enviou mais R$ 1 mil para a compra de mais um celular. O combinado entre o casal era que a mulher receberia os celulares assim que eles chegassem pelos Correios. No entanto, o homem “inventou várias desculpas para que a namorada não tivesse ciência da chegada dos telefones celulares”, segundo a denúncia.

Quatro dias depois da última transferência, por volta do dia 7 de setembro, Eduardo disse que não tinha mais tempo para se encontrar com Lidiane e a bloqueou de todos os meios de contato. Ao buscar informações sobre a encomenda no site dos Correios, Lidiane descobriu que os aparelhos já haviam sido recebidos por Eduardo.

One thought on “Em Goiás, homem é acusado de dar golpe de R$ 25 mil e ameaçar namorada que conheceu no Tinder”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.