Depois da reportagem que revelou os bastidores de seus vídeos no YouTube, que incluem acusações de assédio sexual, moral e manipulações, o ex-MBL, ex-policial e vereador influenciador Gabriel Monteiro diz que a Rede Globo está usando o Fantástico para acabar com a sua carreira.

Mas ele sentiu a reportagem. Sentiu tanto que escondeu, de ontem para hoje, o vídeo que em que leva uma criança que estava pedindo dinheiro na rua a um shopping.

Quem clica no link do vídeo vê o seguinte resultado:

No vídeo agora escondido, Monteiro vai à praça de alimentação do shopping com uma garota que estava na rua pedindo dinheiro. Ela diz a ele, enquanto come um lanche: “Eu achei que hoje eu ia ficar sem comida, mas a gente tá comendo a coisa que eu mais gosto”. Foi tudo manipulação.

As cenas sem cortes, reveladas pelo Fantástico, mostram que Monteiro pediu para a menina a falar exatamente aquilo.

Para Ariel Castro Alves, advogado do Instituto Nacional da Criança e Adolescente ouvido pela reportagem, há várias violações e crimes a serem apurados, como o de submeter crianças a vexame e constrangimento.

O YouTube afirmou que não permite a violação de direitos da criança em sua plataforma, e iria “avaliar” o vídeo (até agora, aparentemente, não tinha visto nenhum problema no material). Monteiro, seguindo a cartilha de como burlar as regras da rede social, decidiu se antecipar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.