Cobra sucuri de 5 metros foi encontrada em área de mata do município de Tracuateua, no nordeste do Pará.

A aparição de uma cobra de mais de 5 metros assustou moradores de Tracuateua, nordeste do Pará. A sucuri surgiu em uma área de mata, e invadiu uma comunidade da zona rural. A população matou o réptil a golpes de faca e tiro.

Segundo moradores locais, uma criança estava brincando com seu cachorro quando a cobra apareceu e o atacou. Ao ouvir os latidos do animal ferido, outras pessoas se aproximaram.

Ainda de acordo com o relato de testemunhas, a sucuri foi morta a golpes de facão e com um tiro na cabeça durante a tentativa de salvar o cachorro, que não resistiu e morreu.

Animal foi morto com um tiro na cabeça, além de golpes de facão. — Foto: Reprodução / Redes sociais
Animal foi morto com um tiro na cabeça, além de golpes de facão. — Foto: Reprodução / Redes sociais

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados para atender a ocorrência, mas ainda não se posicionaram sobre o caso até a publicação desta matéria.

Em toda a Amazônia brasileira, existem 189 espécies de cobras registradas oficialmente pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), até 2017. No Amazonas, relatos de cobras em áreas de mata e até mesmo no ambiente urbano das cidades costumam surpreender não só quem acompanha presencialmente, mas também quem vê imagens do animal.

A família Boidae possui as espécies que têm os maiores tamanhos entre as cobras que vivem na região Amazônica. Entre elas, as conhecidas jiboias e as sucuris, também conhecidas como “anacondas”. De acordo com o biólogo Everton Silva, as sucuris têm hábitos aquáticos, locomovendo-se principalmente por córregos, igarapés. “Certamente trata-se de uma sucuri, possivelmente é Eunectus murinus, ou seja, conhecida como sucuri verde”, explica.

SEJA SÓCIO REI AGORA!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.