Uma mulher de 34 anos foi presa em flagrante nesta segunda-feira por homicídio ocasionado por inanição, em Ribas do Rio Pardo, em mato Grosso do Sul. A vítima era a filha de dois meses da suspeita. De acordo com a Polícia Civil, a mulher causou a morte da criança pelo fato de não alimenta-la corretamente.

Os investigadores tomaram conhecimento do caso após serem notificados pelo hospital municipal da cidade de que uma criança de apenas dois meses de idade havia morrido. “Assim que tomou conhecimento dos fatos, a Polícia Civil iniciou trabalho investigativo, verificando que a criança havia falecido por desidratação e desnutrição”, informou a corporação.

A mãe da criança foi localizada em sua casa e presa em flagrante. O corpo do bebê foi encaminhado para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol), onde passará por exames periciais.

O documento da criança não consta o nome do pai. Em depoimento, a mãe afirmou que o possível pai pediu teste de DNA para registrar a criança. “Esse possível pai será identificado e ouvido ao longo das investigações”, informou a polícia.

A suspeita vai responder por homicídio qualificado por ter sido praticado contra menor de quatorze anos, na modalidade comissiva por omissão, em razão da mãe ser garantidora legal da criança.

Via Extra – Foto: Divulgação/Polícia Civil

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *