Goiânia chegou, na sexta-feira (26), à marca de 20 dias sem registros de homicídios. Para o comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), coronel Marcelo Granja, trata-se de uma marca histórica para uma capital com mais de 1 milhão de habitantes. “Difícil encontrar outra capital com esse registro. É, de fato, resultado de um trabalho intenso”, afirma ao destacar que as ações da Polícia Militar têm sido ampliadas.

Granja cita o aumento do efetivo, por meio do estágio supervisionado dos alunos soldados da academia da Polícia Militar, como um dos fatores que pode ter inibido a prática criminosa na capital. “São mais equipes nas ruas. Sem falar que temos dado atenção especial aos locais conhecidos como zonas quentes de criminalidade”, completou o coronel, que também enfatiza os investimentos em inteligência para otimizar o trabalho da PM.

“Quando tem um homicídio na capital, por exemplo, nosso serviço de inteligência do CPC é direcionado para o local do crime e, graças a um trabalho intenso, temos conseguido prender o autor no período de flagrância”, acrescenta o coronel. Segundo ele, a integração entre as forças policiais, a implementação de políticas preventivas e a rápida resposta ao crime têm sido fundamentais para alcançar esse feito.

Da redação do Mais Goiás / Foto: Polícia Militar

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *