A jovem Samara Mayara Correa de Souza, natural do Pará, mas atualmente residindo em Anápolis, enfrenta uma situação complicada ao ser vítima de calúnia e difamação nas redes sociais. Ela acusa o influenciador Paulo Henrique Cardoso, com quem manteve um relacionamento, de criar perfis falsos para difamá-la após o término.

Segundo a vítima, por ser do estado do Pará, não tinha conhecimento do histórico de Paulo Henrique, com quem teve um breve relacionamento. Diante de atitudes estranhas do Influenciador, decidiu encerrar a relação.

Foi a partir desse momento que ele começou a difamá-la, alegando que ela é golpista, garota de programa e que gosta de relacionamentos amorosos com casais.

“Ele se apresenta como influente, alega ter amigos influentes e se mostra gentil e trabalhador, tentando manter uma imagem exemplar”, declarou a jovem.

O influenciador teria criado diversos perfis falsos para difamar a vítima, principalmente em seu estado de origem, direcionando as difamações a amigos e familiares dela.

Paulo Cardoso já foi acusado por outra ex-namorada de comportamento semelhante, utilizando perfis falsos. Em outra polêmica, ele foi preso por furtar um iPhone de uma loja em Anápolis.

A família alega que ele possui laudos que confirmam problemas psicológicos e que está interditado.

Fonte: Anápolis Notícias

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *