Dois homens que já possuíam condenações, um deles foragido da justiça, morreram nesta segunda-feira (15), após, segundo a Polícia Militar, reagirem a tiros quando abordados na região metropolitana de Goiânia. Um carro e uma moto roubados foram apreendidos após os confrontos.

A primeira ocorrência foi registrada em Aparecida de Goiânia. Após seguirem o sinal rastreador de uma moto modelo Yamaha Fazer 150 que havia sido furtada em Goiânia, militares da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) chegaram até uma residência no Setor dos Estados 1.

O homem que estava na casa, segundo a PM, fugiu correndo pelos fundos quando percebeu a chegada dos policiais, e, perseguido, atirou contra eles com um revólver calibre 38. Ferido no revide, o suspeito, de primeiro nome Felipe, morreu antes mesmo da chegada do socorro médico.

Segundo a Rotam, ele já possuía condenação por outros crimes, e tinha um mandado de prisão em aberto, já que havia rompido a tornozeleira eletrônica que o monitorava.

Peças de crack debaixo do banco

Na GO 080, entre Nerópolis, e Goiânia, a troca de tiros foi entre militares do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer), e um condenado pela justiça do Pernambuco que dirigia um Fiat Fiorino roubado. Debaixo do banco do passageiro do veículo em que ele estava, os PMs encontraram três peças de crack,

Uma pistola importada de uso restrito, calibre Nove Milímetros, foi apreendida com o suspeito, também identificado apenas pelo primeiro nome, José. No baú da Fiorino, os policiais do Graer encontraram as placas originais do utilitário, que, descobriram, havia sido roubado no Espírito Santo.

Por @aulusrincon/Mais Goiás

Patrocinado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *